premio_01

Na última quarta-feira, 10 de dezembro de 2014, o pesquisador Dr. Evaristo Eduardo de Miranda recebeu o Prêmio Mérito Agropecuário Deputado Homero Pereira 2014.

O prêmio Mérito Agropecuário Deputado Homero Pereira será concedido anualmente a cidadão ou instituição, pública ou privada, cujos trabalhos ou ações tenham se destacado nos campos científico, de pesquisa, desenvolvimento, inovação e sustentabilidade nas áreas da agricultura, pecuária, abastecimento e desenvolvimento rural. Esse prêmio é um reconhecimento àqueles que têm prestado fundamental contribuição ao setor agropecuário e à sociedade brasileira. Primeiro cidadão agraciado com o prêmio, Dr. Evaristo Eduardo de Miranda, teve reconhecidos seu valor e contribuição na área da pesquisa agropecuária, notadamente nos estudos de gestão territorial.

Há 35 anos na Embrapa, Evaristo de Miranda participou de trabalhos pioneiros de inovação no campo, como o primeiro zoneamento de soja no Nordeste, um de seus primeiros trabalhos na Empresa, quando iniciou suas pesquisas na Embrapa Semiárido, em Petrolina (PE). Evaristo também contribuiu diretamente nas discussões do novo Código Florestal, prestando esclarecimentos em gestão territorial, que concilia proteção ambiental e produção agrícola.

.premio_02

Segundo o presidente Maurício Lopes, presente na cerimônia de entrega do prêmio, na Câmara dos Deputados em Brasília, Evaristo de Miranda é um dos pesquisadores mais respeitados da Embrapa e do Brasil. “Mais do que o reconhecimento da ciência e da própria Embrapa, o prêmio é o reconhecimento do cientista, um profissional que além de gerar solução para a sociedade, gera conhecimento, que empodera inclusive essa Casa (Câmara dos Deputados) na tomada de decisões”, destacou.

Ao relembrar sua trajetória na pesquisa e na Embrapa, vindo de Paris direto para Petrolina, Evaristo lembrou que pioneirismo e inovação sempre foram marcas de seus trabalhos, citando o zoneamento da soja do Nordeste e os projetos de irrigação na região até a criação da Embrapa Monitoramento por Satélite. Hoje ele coordena o Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (GITE). Como gestor de equipes. Dr, Evaristo destacou a relevância de respeitar sempre a pluralidade e a singularidade de seus membros. “Trabalhei de forma pioneira por todas as regiões do país, com pequenos agricultores e construí conhecimentos num campo complexo. Pela Embrapa, trabalhei com vários ministros da agricultura, mas por um só país. E esse trabalho não acabou, ainda há muito a ser feito pelo Brasil”.
http://www.evaristodemiranda.com.br/postagens/evaristo-de-miranda-e-agraciado-com-o-premio-merito-agropecuario/